Um trecho do livro ‘A Realidade de Madhu’, escrito por Melissa Tobias e publicado em 2014 vem chamando a atenção de muita gente. Na história do livro, Madhu é abduzida por uma nave intergaláctica. A bordo desta nave alienígena, Madhu fará amizade com uma bizarra híbrida, conhecerá um androide que vai abalar seu coração e aprenderá lições que mudarão sua vida para sempre.

“Não é fake news. O livro A realidade de Madhu realmente fala sobre uma pandemia viral em 2020″, postou a escritora Melissa Tobias em seu Facebook nesta segunda-feira, dia 30 de março. A página 183 de um de seus quatro livros viralizou em grupos de WhatsApp nos últimos dias por uma passagem em que descreve uma pandemia que obriga os seres humanos a praticar o amor ao próximo. O trecho do livro traz coincidências com o momento em que vivemos, a crise mundial que se instala com o coronavírus.



“A história A Realidade de Madhu foi mais forte que eu. Ela escolheu seu próprio destino. Eu não tive controle sobre os personagens nem sobre o enredo”, disse a autora em seu blog sobre o livro.

Veja o trecho do livro A Realidade de Madhu que tem surpreendido a internet:

– O planeta Terra está no ano de 2035. Você passou um bom tempo dormindo no coração dele. Um descanso merecido.

Madhu estava surpresa. Parecia ter dormido tão pouco, como um cochilo depois do almoço.

– Durante esse tempo, o sistema financeiro dos terráqueos mudou completamenteo antigo sistema faliu por completo, surgindo o sistema de recompensas. A pessoa é recompensada cada vez que pratica o bem ao próximo, é a nova moeda de troca, a filantropia. O petróleo foi substituído completamente por fontes de energias limpas. Todas as moradias são autossustentáveis. Não existe mais fome, nem presídios…

– Mas como é possível? Todas as moradias são autossustentáveis? E para onde vão os criminosos? – perguntou Madhu, surpresa com uma grande mudança tão rápida.

– Em 2020, quando a Terceira Realidade terminou de envolver todo o planeta Terra, uma pandemia global matou mais de três bilhões de terráqueos. Foi um momento muito caótico que durou dois anos. Foi uma pandemia viral psicossomática que penetrava somente em corpos incompatíveis com a vibração de amor ao próximo. Não havia para onde fugir – explicou Tarala.

Madhu ficou preocupada com Ed. Mesmo acreditando que Ed não havia sido contaminado, se preocupou, imaginando o caos pelo qual ele passou.

– E, depois do caos, veio a ordem. Atualmente, as cidades grandes estão completamente desérticas.

Reprodução / Livro A Realidade de Madhu por Melissa Tobias